Evitando acidentes
Por SBOP | Oct 2016

Evitando acidentes

Acidentes com as mãos: crianças são as principais vítimas

Quem nunca ouviu dizer que as crianças enxergam com as mãos? A curiosidade normal da infância leva os pequenos a ter vontade de tocar tudo o que encontram pela frente. E é nessas horas que as mãos ficam expostas a todos os tipos de riscos.

Uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão indica que 30% dos atendimentos em prontos-socorros brasileiros envolvem as mãos. "A situação é preocupante porque um ferimento na mão pode provocar incapacidade até mesmo permanente", alerta o ortopedista Edilson Forlin.

Cerca da metade dos acidentes nas mãos ocorre dentro de casa e as crianças são as principais vítimas. Os mais comuns são causados por portas e janelas que esmagam mãos e dedos, por objetos cortantes ou ainda queimaduras.

A boa notícia é que a prevenção não requer muita sofisticação. Uma boa maneira é impedir as crianças de ter acesso a materiais cortantes, objetos perigosos e substâncias tóxicas. A cozinha e a área de serviço devem ser locais proibidos para os pequenos, pois além de abrigarem facas, tesouras e substâncias perigosas, oferecem ainda o risco de queimaduras. Fixadores de porta também ajudam a evitar os tão comuns esmagamentos.

Como agir diante de um acidente

Queimaduras


Nos casos de queimaduras é de extrema importância que as pessoas não façam uso de receitas caseiras, como colocar sobre a área atingida clara de ovo, pasta de dente ou pó de café. As bolhas também não devem ser rompidas em casa, pois são um canal de contaminação. A pessoa atingida deve ser encaminhada para atendimento especializado o mais rápido possível.

Cortes e feridas


Em casos de acidente nas mãos, os primeiros-socorros são fundamentais para evitar mais complicações. O especialista em cirurgia das mãos Luiz Carlos Sobania explica que, no caso de ferimentos, a primeira medida a ser tomada é comprimir o local com um pano limpo e colocar as mãos para cima, dificultando o bombeamento do sangue para elas.

Amputações


Já quando o acidente é mais grave, ocorrendo amputação, a orientação é fazer um curativo para parar o sangramento e manter a parte amputada dentro de um saco plástico colocado em um recipiente com gelo e água até a chegada ao pronto-socorro.

1˚ Congresso da SBACMMH
Por SBOP | Oct 2016

1˚ Congresso da SBACMMH

<p>Inscreva-se</p>

Saiba Mais
Informativo senha de acesso SBOP
Por SBOP | Oct 2016

Informativo senha de acesso SBOP

Saiba Mais