Congresso Brasileiro de Ortopedia em novembro terá auditório único e palestras simultâneas
Por SBOP | Apr 2016

Congresso Brasileiro de Ortopedia em
novembro terá auditório único e
palestras simultâneas

O 48º Congresso Brasileiro de Ortopedia e Traumatologia, que será realizado em Belo Horizonte, em novembro, será o primeiro evento de uma grande sociedade nacional de Medicina a funcionar num auditório único, sem divisórias e com seis palestras simultâneas sobre temas diversos, visualizadas em outros tantos telões montados num palco central, hexagonal.

A notícia foi dada pelo presidente do Congresso, Francisco Nogueira, que explica a inovação como uma tendência mundial, que reduz os custos, melhora o aproveitamento dos participantes, mas que no Brasil só foi testada até agora em eventos limitados, um congresso da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia do Esporte e outro da subespecialidade ortopédica de Ombro.

“Esta será a primeira vez, entretanto, que um grande congresso, com mais de 5.000 participantes, usará a tecnologia de auditório único, e é um orgulho para a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia a introdução da inovação pioneira. Já no ano que vem uma segunda Sociedade Nacional, de Dermatologia, planeja adotar o mesmo tipo de esquema.

A nova forma de apresentação de palestras científicas elimina a necessidade do congressista se locomover de auditório para auditório, frequentemente em andares diferentes, para acompanhar as apresentações de seu interesse. Ao invés de se deslocar, o interessado terá acesso a um fone do tipo usado para tradução simultânea, explica o diretor-científico do evento, Flávio Faloppa, e nos canais de 1 a 6 terá acesso ao áudio das seis palestras apresentadas simultaneamente nos telões. “No caso da palestra ser apresentada em inglês, outros tantos canais permitirão acesso imediato ao áudio da tradução simultânea.

12 subespecialidades - Francisco Nogueira explica que como a especialidade é muito ampla e tem comitês das subespecialidades, entre as quais Ombro, Quadril, Cabeça e Pescoço, Mão, Joelho, Coluna, entre outras, além de temas correlatos, como oncologia ortopédica e infecção, por exemplo, cada congressista monta, entre as centenas de palestras a serem apresentadas, sua própria agenda, com temas de seu interesse. “Agora, porém, não terá que sair correndo de uma sala para outra e poderá mudar o canal para de uma palestra passar para outra, sem precisar se deslocar.

“O moderníssimo Expominas – Centro de Feiras de Minas Gerais George Norman Kutova – se presta perfeitamente para o formato inovador, explica o ortopedista, e a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) alugou três dos grandes pavilhões existentes.

O grande espaço disponível permitirá que no mesmo ambiente seja feita a exposição da indústria, hospitais e fornecedores de serviço que tradicionalmente oferecem as mais modernas próteses, instrumentos cirúrgicos, equipamentos para exames de imagem e medicamentos. “Para os expositores é uma vantagem ter os congressistas mais próximos e circulando entre os estandes”, diz o presidente do Congresso, e isso é importante à medida que motiva o expositor e o patrocinador, que está mais difícil atrair num momento de crise econômica e de necessidade de reduzir gastos, como aquele que vive o Brasil no presente momento.

A economia que o novo desenho do Congresso representará para a própria SBOT também é importante, insiste Francisco Nogueira, pois está permitindo que as inscrições sejam feitas ao mesmo custo do ano passado, sem reajuste. Elas já estão abertas no site www.cbot2016.com.br e são feitas eletronicamente, inclusive o pagamento, por banco ou cartão de crédito.

Os organizadores esperam que o total de inscritos ultrapasse a 5.000, já que com a subida do dólar ficou mais difícil para o médico acompanhar os congressos no exterior e o CBOT passa a ser a maior oportunidade de atualização de conhecimento.

Assim, grande cuidado está sendo tomado na seleção dos convidados internacionais, que oferecerão no Brasil, sem que o médico tenha que gastar em viagens internacionais, o conhecimento sobre as mais recentes pesquisas, inovações e conhecimento mundial, bem como as perspectivas de conquistas futuras numa das especialidade que mais rapidamente evolui, exigindo do profissional uma constante educação continuada, à qual será possível o acesso no 48º CBOT 2016.

Reunião dia 31, na sede da SBOT, deverá fechar a lista de convidados internacionais para o 48º CBOT 

O presidente do 48º Congresso Brasileiro de Ortopedia e Traumatologia, Francisco Nogueira, e o diretor-científico do Congresso, Flávio Faloppa, se reúnem na quinta-feira, dia 31, na sede da SBOT, em São Paulo para, juntamente com diretores da SBOT e demais envolvidos na organização do evento fecharem a programação científica e definirem quais os convidados internacionais para o Congresso.

O presidente do Congresso ressalta que a difícil situação econômica do País e a alta do dólar tornaram mais difícil que o ortopedista possa participar de congressos no exterior, e por isso é mais importante do que nunca que os convidados internacionais sejam especialistas que estão à frente das pesquisas e da evolução recente da tecnologia, para que os médicos brasileiros possam acompanhar e discutir os recentes e constantes avanços da Medicina na área de Ortopedia e de Trauma.
O diretor-científico do evento, Flávio Faloppa, reitera essa disposição de uma escolha cuidadosa dos convidados, para que no CBOT sejam apresentados “os mais recentes avanços na área músculo-esquelética, principalmente as pesquisas voltadas à engenharia de tecidos e células-tronco para tratamento de lesões degenerativas relacionadas às articulações”, mas igualmente as importantes pesquisas para retardar o envelhecimento e preservar a cartilagem. Isso é vital, “para um País como o Brasil, que assiste ao rápido envelhecimento da sua população, com milhões de pessoas necessitando e merecendo garantir uma boa qualidade de vida mesmo com o avanço da idade”.

Fonte: CFM

XIV Congresso Brasileiro de Ortopedia Pediátrica - Santos/SP
Por SBOP | Apr 2016

XIV Congresso Brasileiro de Ortopedia Pediátrica - Santos/SP

Saiba Mais
19º Clube da Pediatrica
Por SBOP | Apr 2016

19º Clube da Pediatrica

Saiba Mais